Janaina

Popular song from Brazil, unknown composer.
Janaina is the name.
I made the arrangements and recorded all instruments and voice.
This was a very interesting exercise as trying to stick as much as possible to the original melody was a challenge. The questions is: what’s the original melody? Found one or two records of the song and went to my childhood memories to find it out.
Instruments recorded:
– 3 berimbaus: gunga, médio and viola
– xequerê africano
– pandeiro
– cuíca
– 2 guitars: 6 and 7 strings, all acoustic, nylon guitars

Música brasileira de domínio público.
Gravei todos os instrumentos.
Foi um exercício interessante. Buscar a melodia original foi um desafio. Existem poucas gravações dessa música, no máximo uma ou duas. Procurei minha memória musical da infância e cheguei nesse resultado.
Instrumentos gravados:
– 3 berimbaus: gunga, médio e viola
– xequerê africano
– pandeiro
– cuíca
– 2 violões: 6 e 7 cordas, violões de nylon.

(English) EarMaster Review

It is very important to practice “soft skills” in music. Ear Training is probably one of the key aspects of the music studies very commonly overlooked by most of the people.

Why should you invest your precious time in Ear Training? Very simple, you will become a better musician.

There’s no rocket science here. EarTraining means you can sing notes before you play, you can identify the type of chords (major, minor, dominant, augmented, etc), intervals, scales and etc.

There are several ways to practice that. Technology came to help us and you can find many software and applications. 

My preferred one is Ear Master as it simply combines everything in a nice iPad app, with all the functionalities I need. The additional benefits of using a software like that one for music is the fact you get all analytics, progress development and statistics. You can compare your evolution and define goals. And as a side effect, you have it on the go, as it is installed the tablet as well as in your notebook or desktop. All synchronized, so whatever you have completed in one device is already updated everywhere.

Life is getting easier for guitar, piano, flute, clarinet students. And not only them, for all musicians, all instruments. Excuses to not to study are getting over and over. So roll your leaves on and get your Ear Training studies up to speed!

https://www.earmaster.com

My view review:

Cuidados com as unhas

Todo violonista que toca sem palheta precisa ter certos cuidados com as unhas. Afinal de contas, sem elas “afinadas”,  a qualidade do som do violão vai ficar bastante comprometida.

Existem inúmeras sugestões, variações e proposições de como deixar as unhas de maneira mais adequada para tocar violão. Vou expor a forma que eu utilizo, mas de longe sou o dono da verdade!

Eu sempre lixo as unhas da mão direita. Sempre com a lixa perpendicular a unha, o que é bem diferente da forma que as manicures trabalham. A unha precisa estar forte pois a pressão nas cordas será grande. Se a unha não for lixada com a lixa perpendicular a unha perde a sua força. Sei que estéticamente fica meio estranho, mas não tem jeito. Foi essa a maneira que eu encontrei de deixar as unhas fortes e aguentarem várias horas tocando numa roda de choro ou samba.

A forma que uma manincure indicaria seria lixar embaixo da unha. Para o violão, infelizmente, esse procedimento mais atrapalha do que ajuda.

Com relação ao comprimento das unhas, eu prefiro deixa-las com mais ou menos 3 milímetros. Isso seria considerado curto para a maioria dos violonistas eruditos. Prefiro nesse tamanho porque consigo obter um som misturado da unha e polpa do dedo, em conjunto, e não apenas da unha. Seria o mesmo caso para o dedão. Prefiro não deixar muito comprido para poder explorar o som da polpa do dedo, um som mais aveludado que soa bastante interessante dependendo da situação.

Note que essa forma de lixar as unhas vai exigir um pouco mais dos dedos. Isso significa que quando for tocar, vai “sentir mais” as polpas dos dedos. Talvez até apareça alguns calos. Com o tempo e a constância, isso deixa de ser um problema.

Uma outra vantagem importante dessa forma de lixar a unha é a velocidade. Com as unhas mais curtas a movimentação do dedo é menor para tangir as cortas. Ou seja, auxilia bastante no aumento da velocidade.

O que achou? Alguma sugestão? Tem alguma outra técnica que gostaria de compartilhar? Utilize os espaços abaixo!

Voltando a estudar violão

Inevitavelmente passamos por fases que não conseguimos estudar violão. Se por família, trabalho ou qualquer outro compromisso, deixamos a música, o violão ou qualquer outro instrumento musical de lado. Inicia-se então um ciclo nada produtivo: não estudo ou prático violão porque já faz tempo que eu não toco e a “mão está enferrujada”. O tempo vai passando e a música fica cada vez mais distante. O que fazer? Quebre a primeira barreira: pegue o instrumento! Tire o violão da capa ou estojo, afine-o com carinho. Não seja exigente consigo mesmo de querer tocar tudo aquilo que já estava tocando antes. Toque uma música que lhe agrade bastante e se não lembrar dela toda, passe para outra. Toque tudo mais devagar pra que os dedos voltem a destreza. Tente tocar coisas que você já tocava, para que não fique frustrado. O violão pode ser ingrato nessas horas. “Me deixe por uma semana e eu lhe deixarei por um mês”. Exercícios simples, músicas que já toca e que lhe dão prazer. Você verá o progresso já no segundo dia. O que acha? Gostaria de compartilhar a sua experiência? Boa sorte!

Noteflight – Editor de Parituturas Online Gratuito

Um nome um pouco estranho, mas uma excelente descoberta. Já pensou em criar partituras, editar, salvar e compartilhar, tudo online e de graça? Isso é uma revolução para a música mundial! Opções como Sibelius e Finale são maravilhosas, porém muito caras. Violonistas, pianistas, percussionistas sempre buscam algo mais em conta. Me deparei com o Noteflight. Sem versão em português, mas parece ser o “Gmail” dos músicos! Divirtam-se!

Educação Online Gratuita

Entrei no mundo da educação online. Se adapta muito bem ao meu perfil “desorganizado”, que passa semanas acordando cedo, tendo uma vida regrada, e outras, estudando e compondo de madrugada. Pelo que eu vejo, os meus amigos músico não são muito diferentes… Pra falar bem a verdade, meu violão nem tem som direito de manhã!

Mas voltando ao tema, eu já tinha escutado muitas coisas a respeito de educação online. Nunca tinha me atrevido. E pra facilitar a vida ainda mais, existem cursos de excelente qualidade gratuitos. Mais uma vez: gratuitos! É isso mesmo. Tendo uma conexão a internet, seja aonde for, você aprende. A saudosa frase “só não aprende que não quer” torna-se cada vez mais verdade.

Comecei pelo Khan Academy – https://www.khanacademy.org/. Sensacional. Queria aprender mais sobre Venture Capital, iniciar uma empresa, Private Equity e etc e a fonte foi lá. Fiz esse https://www.khanacademy.org/science/core-finance/stock-and-bonds/venture-capital-and-capital-markets/v/raising-money-for-a-startup.
Afinal de contas, todos nós músicos, somos de uma forma ou de outra, empreendedores.

Pesquisando um pouco mais e ouvindo alguns amigos, cheguei no Coursera – https://www.coursera.org/  e no EDX – https://www.edx.org/

Achei vários cursos de produção musical, técnica de violão e guitarra, gravação, além de outros mais que indiretamente ajudam qualquer musico: finanças, psicologia e etc.

Acharam interessante? Comentários? Sugestões?

Um abraço,

João Nogueira, Discobiografia

E eu, que achei que já tinha escutado tudo de João Nogueira. Achei que já tinha decorado as baixarias do Dino 7 Cordas (Horondino José da Silva) e Raphael Rabello, nas diversas músicas ao longo da carreira do cantor e compositor. Achei que as levadas de Maurício Carrilho, os arranjos de Hélio Delmiro e Cristovão Bastos estavam bem claros na minha cabeça. Como é bom viver de ilusão!!!

Minha esposa me deu de presente o livro do João Nogueira, Autobiografia, por Luiz Fernando Vianna, da editora Casa da Palavra. Sambabook meus amigos!!! Excelente idéia de marketing. Gostei!

Já fiquei feliz ao ver no começo o nome da grande amiga Tatiana Librelato e, como já era de se esperar, do Mestre Paulo César Pinheiro.

Esse livro deveria ser “mandatório” no currículo de todos os músicos que se interessam pela boa música brasileira. A análise de cada disco, saber das histórias, da onde vieram as composições, exaltações a Clara Nunes e etc são simplesmente fantásticas.

 

Salve João Nogueira!

Brejeiro

Já tentou tocar o Brejeiro? Brejeiro (Ernesto Nazareth) Introdução do violão desse choro, que tem uma levada de tango brasileiro. Os tom é sol maior e os dois acordes iniciais são G e D7. Gravação sugerida é a de Jacob do Bandolim, do disco Vibrações.

Magoado

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.


Magoado
Composição: Dilermando Reis (1954)
Arranjos: Abdallah Harati
Violões 6a, 6b e 7 cordas: Abdallah Harati

Violão Brasileiro | 7 Cordas | Choro & Samba