João Nogueira, Discobiografia

E eu, que achei que já tinha escutado tudo de João Nogueira. Achei que já tinha decorado as baixarias do Dino 7 Cordas (Horondino José da Silva) e Raphael Rabello, nas diversas músicas ao longo da carreira do cantor e compositor. Achei que as levadas de Maurício Carrilho, os arranjos de Hélio Delmiro e Cristovão Bastos estavam bem claros na minha cabeça. Como é bom viver de ilusão!!!

Minha esposa me deu de presente o livro do João Nogueira, Autobiografia, por Luiz Fernando Vianna, da editora Casa da Palavra. Sambabook meus amigos!!! Excelente idéia de marketing. Gostei!

Já fiquei feliz ao ver no começo o nome da grande amiga Tatiana Librelato e, como já era de se esperar, do Mestre Paulo César Pinheiro.

Esse livro deveria ser “mandatório” no currículo de todos os músicos que se interessam pela boa música brasileira. A análise de cada disco, saber das histórias, da onde vieram as composições, exaltações a Clara Nunes e etc são simplesmente fantásticas.

 

Salve João Nogueira!